in , ,

Cataratas do Iguaçu com bebês e crianças: Dicas valiosas!

Família fazendo poses divertidas com cataratas no fundo

Visitar as Cataratas do Iguaçu com bebês e crianças é uma delícia, afinal, essa maravilha da natureza impressiona todas as idades, e vocês podem ter lindas memórias!

Ainda assim, por ser um parque nacional grande, em uma cidade de clima quente na maior parte do ano, e claro: por envolver crianças – algumas dicas práticas que vão super te ajudar a curtir a as quedas mais famosas do Brasil!

Confira a seguir as indicações desta mãe que já esteve mais de uma vez com seus pequenos, e te ajuda a aproveitar o melhor das Cataratas do Iguaçu com bebês e crianças:

selfie de familia com mae, pai e dois meninos com quedas bem no fundo
Nossa trupe no visual da Garganta do Diabo

💦 Atualmente, é necessário agendar a visita para não perder a viagem. É até possível comprar nos totens que estão na entrada do parque nacional, porém você terá que contar com a sorte, já que podem ter horários e mesmo dias fechados para a visitação – e você não vai querer isso com seus pequenos!

Por isso, o ideal é comprar antecipado no Site Oficial, ou você pode adquirir com uma agência de receptivo local, que inclusive pode te auxiliar em mais passeios na cidade, assim como transfers e outros deslocamentos em Foz e nos países da Tríplice Fronteira.

Eu indico a Loumar Turismo. Já fiz passeio algumas vezes com eles, e foi tudo muito bacana, no serviço e na comunicação.

 

Leia também: 11 Resorts para curtir em família em Foz do Iguaçu

💦 Vão cedo, especialmente por conta do calor. Foz é uma cidade geralmente quente na maior parte do ano, e o sol a pino na triha das cataratas pode cansar demais – a família toda.

A vantagem de ir cedo é também que tem bem menos pessoas. O parque abre às 9h e em feriados costuma abrir 1h mais cedo – se atente a isso.

Uma segunda opção é agendar os últimos horários de entrada. Vai ser mais movimentado, mas você também tem a chance de pegar o pôr do sol, e um clima mais ameno.

mãe e filho lambendo sorvete em frente a uma queda
Um lanchinho cai bem sim, e com vista!

💦 Pode (e deve) levar água e comidinhas. Só precisa tomar cuidado e não dar alimento aos quatis. Comam longe deles! Eles podem até ser agressivos, e isso também não colabora com o equilíbrio da natureza no parque.

Também tem quiosques com snacks e lanches na trilha, e tomamos um sorvetinho na última queda, delícia pra apreciar a vista com eles junto! Apesar não ter onde sentar, achei perfeito por não ter os quatis, e conseguir apreciar um pouco mais o visual mesmo com os nossos guris junto.

Além do lanchinho, é possível almoçar no parque no restaurante Porto Canoas, com mais opções variadas na beira do rio, e é possível comprar combos de sanduíches e lanches próximo do restaurante, ou na entrada do parque.

Já se optar por comer por perto, o Parque das Aves também possui restaurante próprio, e o atrativo Movie Cars está logo ao lado e possui uma lanchonete temática anos 50, com ambiente e cardápio estilo Lanchonete Americana – dois atrativos entre mais alguns que super recomendo na viagem à Foz com crianças.

produtos infantis como bolsas e livros para venda na loja do parque
Lembrancinhas kids friendly: também tem!

💦 As lojas do parque – que estão localizadas na entrada, no fim da trilha e no ponto de embarque para retorno à entrada – tem vários mimos e presentes infantis. Se quiser garantir uma lembrança bacana, há pelúcias, camisetas, livros com personagens e a história da lenda das cataratas, entre outros pequenos souvenirs.

Os nossos meninos foram mimados e liberamos uma lembrança para cada um.

💦 Só use capa de chuva se realmente estiver chovendo e ventando mais forte, ou se o volume de água das quedas estiver mais forte que o normal. Caso contrário não há necessidade de comprar, você vai apenas sentir o vapor de água – e eu pessoalmente acho ele delicioso. Meus meninos também gostaram.

💦 A trilha das quedas tem cerca de 1,5km e não é totalmente acessível, tem escadas. Por isso, para visita às Cataratas do Iguaçu com bebês e crianças, as mães dos pequenos podem usar sling ou canguru, ou podem descer do ônibus que dá acesso ao parque (incluso no ingresso) na última parada, que é apenas o final da trilha.

Acredite, mesmo que você não veja a trilha completa, você verá a melhor parte do percurso! A última parada dá acesso a partir do elevador, e você pode chegar à passarela, e ali tem rampas que permitem a acessibilidade e uso de carrinhos de bebê, cadeiras de rodas, etc.

Menino fazendo pose divertida em frente de quedas
💦 Aproveitem para fazer fotos bem divertidas na frente das quedas, em especial na passarela. A maioria das crianças adora uma brincadeira, e com certeza as lembranças serão ainda mais legais. Nós sempre fazemos nossa “foto bagunçada” nas viagens em família!

⭐️ Dica bônus: Já que falamos de fotos, no final do caminho, ao invés de sair pelo elavador panorâmico (mas você pode voltar nele também), tem uma escada de saída com um mirante extra, e pouca gente vai lá! Faça seu click lá! A foto da capa deste post é justamente neste ponto.

Agora você já sabe tudo para visitar as Cataratas do Iguaçu com bebês e crianças. Só não pode não ir no lugar mais lindo do mundo! Bora escolher o dia?

Vai viajar? Acompanhe as dicas para famílias no Instagram @turismoemfamiliablog ou no pinterest.com/turismoemfamilia e use os nossos parceiros! Você me ajuda a continuar produzir conteúdos bacanas e não paga mais por isso. Aliás, até ganha descontos! Todas as vantagens estão no link Descontos e Benefícios

E se você trabalha com Turismo, também posso te ajudar Inovação, Marketing Digital e Base Técnica no segmento! Conheça minhas mentorias e capacitações, e todo meu portfólio no Menu Profissional.

Written by Flávia Sphair

Flávia Sphair, muito prazer! Sou Turismóloga, Viajante, Esposa, Mãe de 2 e a Blogueira por trás do Turismo em Família. Acredito que viagens e passeios proporcionam momentos e experiências únicas com que mais amamos, e minha missão aqui é ajudar famílias a viajarem mais e melhor, e também empresas do ramo a recebê-las da melhor forma possível, com consciência, respeito e empatia!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.