in , ,

Serra Catarinense com Crianças: as 9 melhores atrações!

dois meninos pequenos com vista da estrada a da serra do rio do rastro no fundo

Viajar para a Serra Catarinense com crianças é uma linda aventura, e a maior parte dos lindos atrativos da região são totalmente possíveis de fazer com os pequenos: digo por experiência própria.

Inclusive encaramos a região mais fria do país no inverno, e foi realmente gelado. Mas com a roupa certa (Dica: neste post explico como viajar no inverno e na neve), e com o sol do inverno sem nenhum dia chuvoso, foi tudo tranquilo e muito gostoso. Apenas tivemos um único atrativo com muito vento, mas deu pra driblar e conhecer rapidamente. Porém, se quiser escapar do frio com a família, é com certeza ótima pedida ir em outras épocas também.

Antes de dar minhas indicações, algumas orientações:

> Nenhum atrativo que será listado aqui exige grande esforço físico. As caminhadas são leves, e em algumas delas você mal anda para conhecer o atrativo. Minha única recomendação é, no caso de bebês, ir com sling ou canguru, porque alguns atrativos não são pavimentados, e fica melhor do que passear com um carrinho.

duas crianças em trilha com passarela de madeira entre árvores
Nossos dois aventureiros, em uma trilha simpática que faz parte da Cachoeira do Véu da Noiva.

> A Serra Catarinense tem, como principais cidades, Urubici, Urupema, Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Bom Retiro e mesmo Lages, um pouquinho mais distante. De todas, a que possui os hotéis mais sofisticados (e famosos nas redes sociais) é Bom Jardim da Serra, e você provavelmente vai acabar curtindo mais a estadia na Serra, e se deslocando menos.

Porém, pra quem quiser rodar e conhecer mais da região (foi nosso caso), é uma viagem pra se fazer de carro – melhor alternativa, e a cidade mais estruturada e com melhores opções de restaurantes e estadias, assim como um número maior de atrativos, é Urubici. Recomendo se hospedar nela.

A nossa pousada foi a Chateau Blanc, em Urubici, que possui alguns chalés com 3 quartos, sala e cozinha. Era bem quentinha e tinha um parquinho legal, mas as camas eram um pouco duras, o café da manhã era preparado por nós (apenas deixaram os itens disponíveis no chalé), e na época que fomos de alta temporada era um pouco caro o valor, ou seja: prós e contras. Mas você conhecer mais dela aqui pelo link, é interessante especialmente para grupos de até 8-9 pessoas.

> É super possível combinar a viagem à Serra Catarinense com crianças com mais alguns destinos interessantes. Nós passamos por Orleans e visitamos Nova Veneza, mas também é possível ir para os Cânions Gaúchos, como em São José dos Ausentes, e as praias do Sul do estado, como Laguna, Imbituba (Praia do Rosa), e Garopaba.

Vamos ao que interessa? Mencionarei os valores das atrações pagas de julho/2021, valor cobrado somente acima de 10 anos de idade. Minhas principais indicações para conhecer a Serra Catarinense com crianças são:

duas mulheres e duas crianãs no mirante alto da morro
Uma dose de ventania, uma foto meia boca, mas todo mundo viu o Moro da Igreja!

1. Morro da Igreja, Urubici/SC: Apesar de termos só aqui termos passado um perrengue porque foi o dia mais gelado da viagem e ventou muito, em condições normais o Morro da Igreja, principal cartão postal da Serra, é super bonito e tem uma belíssima vista. É jogo rápido, até porque só é permitido ficar 15 minutos por lá, mas a grande vantagem é que tem zero caminhadas para chegar no ponto mais alto da região: você vai de carro até lá, para a alegria da família toda.

Super importante: estivemos nele durante a pandemia, e é necessário agendamento prévio pelo site para poder conhecê-lo. É gratuito, mas precisa entrar 1 semana antes no site do Icmbio para agendar, é por carro. Apenas veículos pequenos e de passeio podem entrar (ônibus não são permitidos). Não perca a data, especialmente nos finais de semana, porque as vagas esgotam rapidamente.

menino de 4 anos em frente cachoeira véu da noiva
Andrézinho e a linda cachoeira do Véu da Noiva

2. Cachoeira Véu da Noiva – Urubici/SC: Esta foi a surpresa – boa – de quando visitamos a Serra. Essa cachoeira não é o ponto turístico mais comentado, se compararmos aos demais. Porém, foi delicioso aproveitar o passeio lá, que vai além desta queda. São apenas 5 minutos de caminhada para conhecer o Véu da Noiva, e que tem um pequeno balneário super simpático para se refrescar nos dias quentes, mas depois há um acesso para mais cachoeiras e o cânion do Xaxim Gigante.

É um caminho com uma passarela, de madeira que tem mais um mirante do Véu da Noiva, e uma caminhada gostosa entre a natureza. Ao chegar no final, vimos uma réplica de um carrinho, tipo do Flintstones, uma balança e uma tirolesa, que não estava funcionando, mas bem alta. Dali, você tem acesso para mais duas trilhas. Uma é média e não fizemos, a outra é uma escada íngrime e dá uma cansada, mas dá pra descer com calma e avistar mais uma cachoeira dos namorados, e o cânion. Se fizer só a caminhada na trilha, já vale a pena.

Pagamos R$ 10,00 de entrada, e essa cachoeira fica tem seu acesso ao lado do acesso ao Morro da Igreja. Fui um dos lugares que mais gostei desta viagem para a Serra Catrinense com Crianças.

menino em cima de cobra de madeira
Alguém curtiu muito os detalhes do Parque Mundo Novo, onde está a Cascata do Avencal.

3. Parque Mundo Novo (Cachoeira do Avencal) – Urubici/SC: Este é o parque onde está a famosa Cachoeira do Avencal, e a partir de 3 anos já é possível fazer a tirolesa que passa por cima dela. Meu menino mais velho e eu fomos, e ele amou! A entrada do parque custou R$ 20,00 e somente a tirolesa era a parte, no valor de R$ 60,00.

Neste parque havia um mini parquinho, alguns pequenos lagos com pontes, um balanço, uma cama elástica e essa cobra da foto que meu gurizinho adorou. Tem bastante espaço pra brincar e correr, e ainda dá direito a conhecer mais uma cachoeira com poucos metros de caminhada, coisa de 5 minutos, a Cascata Mundo Novo. Gostamos bastante.

mãe e filho com vista de serra no fundo
No alto da Serra do Corvo Branco

4. Serra do Corvo Branco – Urubici/SC: Aqui o perrengue é só pra carro, já que é estrada de chão por alguns quilômetros até o início do imenso paredão de rocha cortado, e a vista da Serra. É pra apreciar, mas impressiona as crianças “de todas as idades” os imensos paredões que conseguimos ver de tão pertinho.

Nós seguimos viagem após descer toda a serra, mas não é demorado ir, mesmo com a estrada bem esburacada. Claro que dias de chuva e gelo fica perigoso e não recomendo, mas no resto, tranquilo. É grauito.

Bônus: pouquinho antes de chegar nela há uma simpática e charmosa loja de trufas e barrinhas, a Avencal Chocolates. espaço charmoso, tem um café, faça uma paradinha lá!

Moldura grande com vista no fundo para fotos de Urupema
Clique jurássico pra vista de Urupema

5. Morro das Antenas + Cascata que Congela – Urupema/SC: Mais um espaço bonito de apreciar e fácil de chegar só com o carro, sem esforço físico. É uma vista lindíssima tanto da cidade como inclusive de pontos mais distantes como Urubici.

No inverno, você encontra pontos de congelamento nos dias mais frios, e vai pegando os gelinhos no caminho, o que é muito divertido. Criançada curtiu ver!

A Cascata que congela é bem pequenininha e tem que subir uma pequena escada para vê-la. Nós vimos ela congelada sim e foi muito legal, mas deve ser realmente bacana só no inverno mesmo.

Ambos gratuitos.

parquinho infantil grande
O melhor parquinho da Serra que vimos foi em Urupema.

6. Praça Central Manoel Pinto de Arruda –  Urupema/SC: A pracinha símbolo de Urupema é super gostosa de curtir. Tem o famoso termômetro que registra as mais baixas temperaturas do Brasil, letreiro, Igreja Matriz, caminhos charmosos e o melhor parquinho que conhecemos, ou seja, um dos lugares favoritos dos pequenos na viagem à Serra Catarinense com crianças.

Os meninos brincaram muito e mesmo sendo só uma lanchonete simples que está ali para comer, ficamos lá mesmo no pastel e deixamos eles brincarem. É um espaço bem gostoso. Gratuito e tem banheiros públicos inclusive com fraldário.

Cabe ressaltar que vi pelo menos 3 parquinhos em Urubici também , mas nenhum era tão bacana quanto este.

Menino em binóculo vendo a serra
Mateus vendo tudo da serra!

7. Mirante da Serra do Rio do Rastro  – Bom Jardim da Serra/SC: Se a visibilidade e neblina não forem um problema, o pit stop no mais famoso mirante da Serra é obrigatório. Vale tirar foto no letreiro e deixar os maiorzinhos apreciarem a vista com os binóculos.

O mirante é gratuito e tem uma pequena loja de souvenirs e snacks, assim como um espaço de artesanato e lembranças com alguns itens bem legais, mas que aceita somente Pix ou dinheiro. Só não gostei muito dos imãs de geladeira, e acabei comprando um em um posto no centro da cidade.

dois meninos em pé com vista de usina eólica ao fundo
Os aventureiros mirins no Parque Eólico

8. Cânion da Ronda e/ou Mirante Serra Parque – Bom Jardim da Serra/SC: Bem do ladinho do mirante da Serra do Rio do Rastro já está o acesso para conhecer o Cânion da Ronda. A partir dali também dá pra apreciar o mesmo cânion no Mirante Serra Parque, que tem alimentação e Balanço Infinito, mas nós fomos na entrada do Cânion mesmo que custou R$ 15,00.

Pelo Cânion, é possível visitar tanto o início do parque eólico, mais conhecido como cata-ventos gigantes por aqui (a cara deles, né?) assim como o mirante do cânion. Caminhadinha curta de 10 minutos para a vista maravilhosa. Vale conhecer!

Cascata da Barrinha
Cascata da Barrinha

9. Rio e Cascata da Barrinha – Bom Jardim da Serra/SC: Nosso último atrativo é a gostosa cascata que está logo atrás da churrascaria de mesmo nome (muito boa, comemos lá). Tem um rio de pedrinhas compartes rasas antes da cachoeira em si que é super agradável nos dias de sol, e dá pra brincar numa boa por ali. No verão, vale levar umas toalhas pra aproveitar melhor o espaço.

E aqui encerro nossos lugares favoritos para ir à Serra Catarinense com crianças. Na verdade, é claro que tem mais opções e lugares que inclusive visitamos com os meninos com a gente – confira a viagem completa nos destaques e guias do Instagram como Serra SC – mas estes são os lugares que são mais práticos e acessíveis para as famílias aproveitarem e já rendem um ótimo passeio.

Agora, é só aproveitar!

Vai viajar? Acompanhe as dicas para famílias no Instagram @turismoemfamiliablog ou no pinterest.com/turismoemfamilia e use os nossos parceiros! Você me ajuda a continuar produzir conteúdos bacanas e não paga mais por isso. Aliás, até ganha descontos! Todas as vantagens estão  neste link Descontos e Benefícios

E se você trabalha com Turismo, também posso te ajudar Inovação, Marketing Digital e Base Técnica no segmento! Conheça minhas mentorias e capacitações, e todo meu portfólio no Menu Profissional.

 

 

Written by Flávia Sphair

Flávia Sphair, muito prazer! Sou Turismóloga, Viajante, Esposa, Mãe de 2 e a Blogueira por trás do Turismo em Família. Acredito que viagens e passeios proporcionam momentos e experiências únicas com que mais amamos, e minha missão aqui é ajudar famílias a viajarem mais e melhor, e também empresas do ramo a recebê-las da melhor forma possível, com consciência, respeito e empatia!

One Comment

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.